14 janeiro 2019

Cama montessoriana: além da cama casinha

Diversos

nós já falamos sobre esse tema aqui:

Um dos temas mais pesquisados no blog, sem dúvidas é o quarto montessoriano para bebês. No post de hoje, eu respondo as dúvidas enviadas pela Bruna Dias sobre a cama em um quarto montessoriano e qual o momento do bebê ir para sua própria cama.

A Bruna me perguntou o seguinte: “Minha bebê está com 3 meses e meio. Até pouco tempo ela dormia no moisés, ao lado da nossa cama. Agora estou colocando na cama montessori , que fica no quarto dela. Ela já está dormindo a noite toda, o que facilita o tira e bota. Nossa cama é aquela que parece uma cabaninha (casinha). Eu a coloco e tiro com facilidade, mas meu marido está sofrendo para abaixar. Como foi esse processo com vocês?É uma mini-cama de 1,50 m. Eu não deito com ela pq a cama é pequena e acho que o estrado não aguenta. você coloca algum rolinho para proteger quando começar a rolar?Vi que a Lorena foi com 8 meses. Será que com três e meio está muito cedo?

A pergunta da Bruna é ótima e me permite falar sobre questões que recebo muitas dúvidas. Vamos lá!

Tamanho da cama:

Isso vai depender do seu espaço, é claro! Mas, de puder, sugiro que tenha uma cama de solteiro e não uma caminha infantil. Fiz isso com minhas filhas e a razão é simples: você poderá deitar com elas quanto quiser. Tem coisa mais gostosa?!

Formato

Como se trata da decoração, temos aí algo muito pessoal novamente. Não usei a cama casinha com nenhuma das minhas filhas pois, com uma cama de solteiro aquele elemento aéreo enorme me incomodaria bastante. Optei por uma cama baixa e não me arrependo.

Você já estava sentindo falta da cama casinha neste post, não é mesmo? 🙂

Sim, eu a deixei por último propositalmente. Como pesquiso o ambiente montessoriano há algum tempo, devo confessar que fico um pouco frustrada quando vejo que muita gente acha que quarto montessoriano é sinônimo de cama casinha.

Sim, essa é uma possibilidade (que eu adoro, por sinal!). Mas, como você já percebeu nos nossos posts, ela é uma opção e não um item essencial em um quarto montessori.

Então, se a grana está apertada e não dá para investir em uma cama casinha, não se preocupe. As opções são infinitas! Não há limite para a criatividade.

Então, meus amigos, por fim, gostaria de deixar uma mensagem: não importa se você vai decidir usar uma cama casinha, ou só colocar o colchão no chão, o importante é que o seu bebê esteja livre (e seguro!) para se movimentar por esse ambiente de forma autônoma.

Se você deseja saber mais sobre o método Montessori para preparar o ambiente (quarto e casa) e se preparar para apoiar o desenvolvimento do seu bebê, inscreva-se no meu curso online Montessori em Casa: da gestação aos três anos de idade.

Link para inscrição aqui.

O curso é completo e já está disponível para assistir.

Um beijo!

Inscreva-se no nosso canal