27 junho 2017

A importância da organização em um quarto montessoriano

Ambiente Montessoriano | Método Montessori | Quarto Montessoriano

Toda família deseja preparar seu filho para os desafios do mundo da melhor forma.

No passado, uma criança considerada inteligente e bem preparada era aquela capaz de absorver e replicar os conhecimentos transmitidos de forma pronta. Padronização e repetição dos conteúdos: essa era a base de uma educação pautada no raciocínio linear e que vigorou até bem pouco tempo.

Na sociedade atual, contudo, por estar em contínua e veloz mutação, o desenvolvimento da inteligência está mais relacionado à construção de uma mentalidade criativa, inovadora e flexível.

Afinal, em um mundo onde a única constante é a mudança, não existem respostas prontas.  E, assim, a mente criativa trabalha em busca do constante crescimento e da adaptação na busca de novas respostas.

Mas como as famílias podem auxiliar os pequenos a desenvolver continuamente a curiosidade e o espírito de descoberta? E qual a importância do espaço nesse processo? 

57-300x200A ciência já comprovou que a criatividade está longe de ser um simples dom divino, inato e inabalável.

Sim, as crianças nascem criativas e questionadoras mas, por influências externas, o que se vê por volta dos seis anos e meio, sete anos, é que elas tendem a parar de perguntar o  porquê das coisas pois aprendem que os professores valorizam muito mais as respostas corretas do que as perguntas provocativas.

É preciso, portanto, treinar o cérebro para estabelecer conexões criativas  e inovadoras ao longo da vida. Para isso, torna-se necessário cultivar uma série de habilidades e atitudes que, com o tempo, viram hábitos da mente criativa.

No post de hoje falaremos sobre uma dessas habilidades: a organização.

Juntos, pensaremos sobre a importância da organização do espaço e seu impacto na mente absorvente dos pequenos. Confira!

images-7-1

Se você me acompanha aqui no blog, já sabe que sou fã e pesquisadora do Método Montessori e, por isso, não há como fugir dessa abordagem…

Mas como eu não sou nada radical, acredito que ainda que você não tenha optado por seguir o método, é possível adaptar as dicas deste post em qualquer espaço infantil, a fim de que nossos pequenos possam vivenciar os seus benefício.

coracao-2-300x300 A mente absorvente e a organização

Apesar de parecer uma tendência moderna de educação, a reflexão inicial deste post de hoje foi uma das bases de pesquisa da educadora e médica italiana Maria Montessori em 1907, quando criou o Método Montessori de Educação.

Ela acreditava que as crianças tinham um interesse inerente e espontâneo pelo aprendizado e pela autodisciplina, o que logo diminuía ou se perdia por influência na educação convencional.

Desse modo, seu enfoque de ensino se baseia nesse espírito e promove um ambiente de aprendizado colaborativo e autoguiado, no qual os alunos soltam as rédeas de sua curiosidade e se sentem encorajados a tomar iniciativas.

quarto-montessoriano44-300x201

Mas não confunda liberdade com descontrole. Diferentemente do que possa parecer em um primeiro momento, o estímulo à autonomia com base na autoeducação, possui pilares calcados na organização e na disciplina.

Montessori chamou os três primeiros anos de vida de “período da mente absorvente inconsciente”. Isto significa que os pequeninos captam através dos sentidos as impressões do mundo e vão arquivando todas essas percepções em seu cérebro. Por isso, os hábitos internalizados nesta fase possuem uma importância tão grande. 

Sendo assim, apesar de precisarem de toda a liberdade para explorar – e bagunçar! 🙂 – o espaço, as crianças pequenas necessitam também da segurança de um ambiente organizado.

a876bbce7acc3780bdb49bf6f8c570a4-2-300x288

Estar em um ambiente onde tudo tem o seu lugar traz calma e segurança, o que contribui sobremaneira para que a criança se desenvolva com mais confiança.

Com o espaço organizado e livre do caos, a mente está em paz para pensar em outras coisas e explorar o espaço com concentração e interesse. E, por isso, o método montessoriano tanto privilegia a organização.

Dessa forma, vamos conhecer como esse espaço se organiza?

coracao-2-300x300 A organização em um quarto montessoriano

Cada item do ambiente deve possui o seu lugar próprio, sem jamais esquecer da premissa básica do método: deixar tudo ao alcance da criança.

Assim, em um espaço montessoriano, a arrumação do quarto é fundamental.

Tão importante quanto encontrar um espaço organizado é mantê-lo organizado. Mas não se engane: a partir dos três anos, essa tarefa deve passar a ser uma responsabilidade da criança, não dos pais. Para isso, os poucos, a criança deve ser ensinada sobre como fazê-lo.

Repetição, repetição e muita paciência.:)

Mas para que isso dê certo, o espaço, deve ser organizado de maneira que seja fácil para a criança mantê-lo arrumado e bem organizado quando a brincadeira acabar.

O momento da arrumação deve ser visto como um hábito divertido ao final da brincadeira, não como um castigo.

Pegou- brincou- guardou 

Aos poucos a criança internalizará que tudo é um processo com começo, meio e fim. E,dessa forma, ela assimilará o processo de organização para a realização de qualquer atividade.

coracao-2-300x300 dicas sobre como organizar o quarto do seu pequeno segundo a proposta montessoriana

  1. Setorize as atividades no quarto:

– Espaço dos brinquedos:

Brincar é a principal missão da infância e, por isso, deve ser uma atividade valorizada e sempre estimulada. É importante, contudo, não confundir valorização com excesso de informação e de estímulo.

Imagem10-300x266

 Uma coisa que sempre me incomodou quando visitava famílias com crianças era a quantidade de brinquedos que via acumulada pelos ambientes. Caixas e mais caixas de brinquedos. Muitas cores, muita informação, muita quantidade de estímulos.Tudo aquilo me parecia gerar muita ansiedade…

Assim, a descoberta do método trouxe muita coerência à minha percepção inicial. Segundo a Dra. Maria Montessori, os brinquedos devem ser expostos em sistema de rodízio, em uma média de até seis brinquedos por vez.

04a2fb240082ea484ff7d97cdbebb9d7-300x218

É preciso estar atento a fim de evitar que, na melhor das intenções, acabemos oferecendo muito mais do que a criança precisa e, com isso, ocasionemos uma confusão mental desnecessária para crianças tão pequenas 🙁

Ao limitar a quantidade de estímulo, permitimos que a criança explore ao máximo o potencial de cada material, desenvolva a concentração e use a criatividade, buscando novas formas de se divertir com  aqueles brinquedos ao seu alcance. Resultado? Estímulo puro e genuíno à criatividade.

Um dos brinquedos que minha filha mais gostava eram garrafinhas de plástico com sementes, macarrão e diversos outros conteúdos… Um dia ela descobriu que se balançasse a garrafa conseguiria fazer barulho e que cada garrafinha fazia um barulho diferente. Foi uma alegria só!!! Uma delícia ver essas descobertas! 🙂

– Cantinho de Leitura:

Estimular a imaginação e o gosto pela leitura é uma forte característica do método.

12a-228x300

Mesmo antes de aprender a ler, ao ser colocado em contato com livros coloridos em uma estante baixa, a criança pode manuseá-los com liberdade e autonomia, o que desperta a curiosidade e incentiva o prazer da descoberta das histórias.

ae34fbd62f07164ba55ac39b6fc3c2a0-1-200x300

f2848b05534c61099d2d4b49d8f19022-200x300

Para bebês, são muito utilizados os livros sensoriais em espaços montessorianos.

faca-voce-mesmo-livro-pano-bebe-brincadeira-sensorial_14-300x300

betaredacao-geral-livrosensorial3-300x225

Mas se você não tem esses livros, não se preocupe.  Mesmo com livros tradicionais, o simples exercício de abrir, de ver as figuras e de virar as páginas já será bem interessante para o seu pequeno. Especialmente se os pais tiverem o hábito de ler para ele… 🙂

19a-300x194

9b5cae9f6b12da5473ff43558be6b56b-1-300x300

 – Espaço das artes:

Ter um espaço com dedicado às artes também é super recomendado!

crayons-coloring-book-coloring-book-159579-1-300x222

2b7dd53b4eac58dd2e48958f8ef6f1b3-210x300

E não é preciso grandes investimentos. Uma mesinha com cadeira e um varal para expor as suas artes já resolve bem esse ambiente destinado à criação.

89481c1d18dc7776cafb761b0313832c-1-123x300

Bobinas de papel fixadas na parede ou em uma mesa também são alternativas bem bacanas para esse espaço.

f93faacc7e9fcdd0de2c4b41cb9033f3-206x300

– Área de se vestir:

Essa é uma área importantíssima no desenvolvimento da autonomia em um ambiente montessori. A criança deve ser estimulada a se arrumar sozinha. Escolher a própria roupa e conseguir se vestir sem a intervenção de um adulto.

Acredite: isso é uma grande vitória para qualquer criança e contribui para o desenvolvimento de sua auto-estima, com a sensação de que ele é capaz!

quarto-montessoriano26-240x300

images-5

E se você está preocupada com as escolhas dos pequenos, relaxe! Você não precisa colocar todas as roupas à disposição. Assim como os brinquedos, é possível fazer uma seleção prévia para que ele realize sua escolha dentro das opções disponíveis. 🙂

6a0147e1d4f40f970b01b7c8c46f0b970b-800wi-1-234x300

quarto-montessoriano9-300x300

Ah! Mas é importante ensiná-lo a guardar suas roupas sujas no cesto, hein?! Lembra daquele papo dos brinquedos, de que tudo é processo com começo, meio e fim? Pois é! Aqui é:

usou- sujou- guardou/ lavou!

6a0147e1d4f40f970b01bb098134ca970d-800wi-300x200

810b9deaaf74872e55d765db73b25a38-300x202

2. Utilize Cestos organizadores

Para ter um lugar para cada coisa, a dica é usar e abusar de cestos, caixas e prateleiras, que precisam ser colocados em lugares bem visíveis e sempre ao alcance da criança.

Mas aqui vai uma dica: esqueça aquelas caixas enormes de brinquedos. A ideia é que os materiais não estejam amontoados e sim, organizados visualmente.

cestinha-croche-montessori-croche-291x300

Por isso, estamos falando de pequenos cestos, que possibilitam apresentar os materiais e brinquedos de forma individualizada e organizada.

montessori-spiel-idee-tiere-eier-frühling-2-1024x683-300x200

78562b29c5b79d87be6a16302588de12-225x300

wp-1489130934475-300x169

         CESTAS-DOS-TESOUROS-300x200

3. Design limpo 

O ambiente montessoriano deve seguir uma estética limpa e organizada, com poucos móveis, de modo a concentrar a atenção na exploração dos materiais.

15a-210x300

Com móveis mais básicos, mas não menos estimulantes e aconchegantes, que proporcionem mais espaço livre, seu pequeno pode brincar com mais segurança e liberdade.

quarto_montessoriano_ex101-600x434-300x217

Ambientes montessorianos devem ser simples , mas belos. O cuidado estético na organização do espaço é muito importante, pois a criança, através da mente absorvente, vivencia a sensação de harmonia e estética e, naturalmente, desenvolve o gosto pelo belo.

estudiobarbarella_cuchi_ensaio3-27_900-1-300x200

Tem como não se encantar por essa filosofia educacional criada com bases científicas tão coerentes e guiada por um profundo respeito e incentivo à autonomia e à individualidade de cada criança?

coracao-2-300x300

Textão de novo, né gente? 🙂

Mas me digam: como me conter diante de um assunto que eu amo taaaaanto?! Dêem um desconto na empolgação, ok?! É muita vontade de compatilhar com vocês todas essas informações incríveis!!

coracao-rosa.png.semfundo-4

Me aprofundo sobre esses princípios no curso Montessori em Casa: do zero aos três anos. Também apresento o passo a passo para todas as aquisições de independência do bebê. Conheça: https://priscilaguerreiro.com/curso-montessori

coracao-rosa.png.semfundo-4

Esse é meu curso mais completo sobre a filosofia de educação Montessori para que você saiba preparar o quarto, a casa, e se preparar para apoiar o pleno desenvolvimento do seu filho.

Um beeijo!

Priscila

Fonte de imagens: Pinterest

Fonte de pesquisa: Lar montessori , OMB, Aldeia montessori

10 Comentários

  1. MoniQue • em 27 de junho 2017

    Pri, me da uma ajuda? Tatame de eva no quaRto Do recem nascido, ideal que seja de 1 cor só, certo?

    • Priscila Guerreiro • em 27 de junho 2017

      Oi Monique! Não sei se entendi bem a sua pergunta, mas acho que a sua dúvida seria adotar uma única cor ou cores diversas no tatame de EVA, é isso?
      Se for isso, a escolha vai depender basicamente do seu gosto pessoal e do estilo do quarto, mas eu indicaria uma cor única por dois motivos:
      1- Ao optar por uma única cor no piso você terá a sensação de que o ambiente é maior por apresentar uma unidade visual. Ou seja: caso opte por diversas cores, você poderá ter a sensação de que o espaço é menor pois os quadrados em cores distintas segmentarão visualmente o espaço.
      2- O espaço montessoriano deve ser simples e visualmente limpo. Quanto menos informação o espaço apresentar, menos ansioso ficará o seu bebê e mais calma e concentração ele terá para explorar os materiais e brinquedos disponíveis no espaço. Espero ter ajudado! Grande beijo e obrigada pela participação!

  2. Marcella Napholez • em 9 de novembro 2017

    Estou começando a entrar nesse mundo Montessoriano, estou adorando tudo que li até agora! Parabéns!

  3. Michele • em 3 de fevereiro 2018

    Estou amando esse blog e todas as informações sobre o método Montessori. Sei pouco e obtive mais informações aqui.

  4. Bárbara • em 20 de fevereiro 2018

    Muto elucidativo teu texto! Obrigada por partilhar conosco teu conhecimento e empolgação sobre o assunto!

  5. Cristhiane Mazar • em 15 de abril 2018

    Estou encantada com tanta informação coerente, inspiradora… Sua dedicação para com esse blog é lindo de se ver!! Estou adorando.
    Sempre pensei no quarto montessoriano para quando fosse mãe, hj estou gestante e estou vivendo esta delicia de planejar o quarto.
    Apesar de hj em dia o método ter se difundido e ser aparentemente compreendido, principalmente em escolas, sofro muito criticas ao afirmar a intenção de ter um quarto com conceito Montessori. Enfim, não vou cair nessa, ainda mais depois de conhecer este blog 😌👏
    A minha dúvida esta na acomodação dos pertences do bebê, em quartos como esse não vejo guarda roupa, gavetas, nada onde posso guardar suas roupas, sapatinhos, mantinhas… ou ate mesmo estoque de fraldas e acessórios. Como geralmente é organizada esta questão ou como foi trabalhada esta organização em sua experiência. No momento penso em adquirir um guarda roupa pequeno de ate 1m de largura (cabideiro, prateleiras e duas gavetas) e algo p servir de trocador com função de nichos e troca de roupas para auxiliar no desenvolvimento do bebê. E pensar numa alternativa segura para proteger a abertura indesejada das portas e gavetas, ou ate mesmo prender este armario na parede de forma q não venha a cair, caso a crianca ache uma forma de escalar rs Não sei se já foi falado por aqui dicas de segurança como proteção de tomadas ou mesmo as possibilidades de “restringir a passagem” do quarto p outros ambientes, como os portões baixos presos nos batentes para q não explore a casa inteira. Obrigada pela oportunidade de expor minha duvida 😉

    • Priscila Guerreiro • em 20 de abril 2018

      Oi Cristhiane! Obrigada! Que bom que curtiu o blog!! 🙂 Quanto às suas dúvidas, vamos lá! 1º) Com relação à questão do armário, essa é uma dúvida super recorrente! Já temos um post específico no blog sobre isso. É só colocar na Lupa de pesquisa: DIY vestir quarto montessoriano 2º) Com relação à segurança, do mesmo modo, é só colocar na Lupa de pesquisa “quarto montessoriano seguro”. Espero que curta os posts! Se ainda ficar alguma dúvida, é só falar tá? Gde beijo! Pri

  6. Taisa • em 10 de junho 2020

    Primeiramente, parabéns!! Posts maravilhosos!
    Segundo, gostaria de saber se tem idade para começar?!
    Obrigada!

    • Priscila Guerreiro • em 17 de junho 2020

      Obrigada, Thaisa! Você pode começar aplicar o Método Montessori desde o nascimento da criança. Caso você tenha interesse, eu explico passo a passo como fazer para implantar o método em meu curso: Montessori em Casa ( De 0 a 3 anos): do quarto à família preparada. Tem link aqui no blog. Grande beijo, Pri.:)

Deixe seu comentário!