14 abril 2017

Em clima de Páscoa: desvendando meu amor pela MIFFY!

Criando a sua Toca | Decoração

Nesse clima de coelhos por todo lado, pensei em inspirá-los com fofurice em grau máximo, trazendo um ícone do design infantil: a Miffy. Ela não é muito conhecida aqui no Brasil, mas é muito famosa no exterior, principalmente na Europa e Japão.

d09bfca62b5e26f30aba05ce5987f178-300x300

Não sei se vocês conhecem a Miffy… então me deixem apresentá-la: essa coelhinha apaixonante (eu sou completamente encantada por ela! – aliás, se alguém souber de algum lugar que a venda por aqui, por favor me avisem! 🙂 ) foi criada em 1955 pelo holandês Dick Bruna e se tornou um ícone do design infantil, sucesso entre as crianças do mundo inteiro. É a protagonista dos livros infantis publicados em mais de 40 línguas e virou até desenho.

7fb75cec42fe802ee2159a00abc79a12-257x300

Não, eu nunca li um livro dela, nem assisti seus famosos desenhos. Mas como pesquiso muito sobre design infantil, é muito comum vê-la em ambientes criados nos países europeus. E foi assim que a conheci – e me apaixonei!favicon

9da09836c73722305e90df2521951ff4-800x800-300x300

DSCF5878-1-300x200
6c9c81e7f2176208c289d7dbcbca025b-800x800-300x300

7de160b349e0507e66c6ff6468862083-243x300
miffy3-300x271

e1c1ccf7479910c387fa578e59df6be7-200x300

Tem como não se apaixonar?coracao-pretopngsemfundo-300x300

Mas se ela não marcou a minha infância e eu não tenho a memória afetiva da Miffy, então por que essa minha paixão por ela? E qual o segredo de tanto sucesso há mais de setenta anos?

download

Uma cabeça redonda com duas orelhas bem arrebitadas, um pequeno ponto preto para cada um dos olhos, uma cruz para a boca que também é nariz, um vestido vermelho abaixo do joelho; tudo muito simples e básico. E está aí a genialidade e o encanto da Miffy: a simplicidade!

Quem me acompanha, deve lembrar que no post sobre as 5 coisas que os designers fazem e você não , expliquei que designers simplificam as soluções e eliminam o desnecessário. Lembram? Parece fácil, mas fazer o simples muitas vezes é o mais difícil!

Pois é exatamente isso! … As cores utilizadas são exclusivamente cores primárias  e as imagens são reduzidas à sua essência, transformando-se em traços simples e cativantes- reconhecíveis em qualquer parte do mundo- , características atrativas até para os mais pequenos.

Taco Dibbits, director do Rijksmuseum, em Amsterdã, que em 2015 organizou uma exposição dedicada aos 50 anos de de carreira de Dick Bruna como artista e designer, afirma que o trabalho do ilustrador foi influenciado pelas linhas grossas e pela bidimensionalidade de Henri Matisse e Fernand Léger. “Ele eliminou tudo que não era essencial do rosto de sua coelhinha até que foi reduzido ao mínimo necessário”, comentou Dibbits. “E ele fez o mesmo com o texto de seus livros infantis. Ele usa uma linguagem que não é simples nem tola, e sim reduzida ao essencial.”

Sobre seu próprio trabalho, Dick Bruna disse “Eu levo muito tempo para fazer meus desenhos o mais simples possível, dispensando muitos elementos, antes de atingir aquele momento de reconhecimento”. Ele acrescentou: “Eu deixo bastante espaço para a imaginação das crianças.” coracao-pretopngsemfundo-300x300

 

Genial, não?!

E aí? Também se apaixonaram?

designcomafeto-300x102

 

Fonte: http://versalete.com.br/textos-e-reflexoes/dick-bruna/

Deixe seu comentário!