facebook instagram twitter youtube youtube
Notice: Undefined index: feed in /home/priscil4/public_html/tocalola.com.br/wp-content/themes/tocalola/header.php on line 88
01 novembro 2018

Chile com crianças: Nevados de Chillán (Ex- Termas de Chillán)

Lifestyle | Na Toca com a Lola | Passeios e viagens com crianças

Imagine juntar em uma mesma viagem neve, vinho, cabanas na montanha, paisagens incríveis e mergulhos em águas termais? Continuando os relatos de nossa viagem ao Chile com crianças, no post de hoje, conto como foi nossa estadia em Nevados de Chillán (Ex Termas de Chillán), onde curtimos a neve em família.

Duvido você chegar ao final deste post sem cantar: Você quer brincar na neve? 🙂

chile-2018-termas-de-chillan-2

 

Se você acabou de chegar no blog, sugiro que, antes de iniciar esta leitura, leia os dois posts anteriores sobre a nossa viagem ao Chile com as nossas pequenas. No primeiro post, compartilho como foi feito o planejamento da viagem. No segundo,  compartilho conto como foi a chegada em Santiago, a ida para Chillán, o almoço perfeito e a surpresa gostosa que tivemos ao ver neve em pleno outubro.

coracao-rosa-1.png.semfundo-4-1

Chillán: Primeiro dia

Chegamos no final da farde no vilarejo de montanha Las Trancas, onde ficava o nosso hotel ML LODGE Valle Las Trancas O lugar tem aquele estilão de cabana de montanha, meio rústico, mas é bem aconchegante!

chile-com-criancas-termas-de-chillan-hotel-ml-lodge

chile-com-criancas-termas-de-chillan-hotel

Na verdade, minha intenção inicial era o famoso Grand Hotel Termas de Chillan, bem na base da estação de esqui, mas estava fechado para reformas. Fica para a próxima! chile-com-criancas-grand-hotel-termas-de-chillan

Já instalados, fomos conhecer a estação de esqui, que ficava a cerca de 8 Km acima do Vale Las Trancas onde estávamos hospedados e onde se hospeda a maioria das pessoas que vai a Nevados de Chillan.

mapapistaseinfra-nevadosdechillan

Para entender o local é fácil: Partindo da cidade de Chillán, que se localiza nos pés da montanha, após cerca de 80 km’s temos o o Vale Las Trancas e, subindo mais 8 km, temos a estação de esqui e as piscinas termais.

Valle Las Trancas é um vilarejo bem pequeno mesmo. Em poucos minutos – de carro – você o cruza de ponta à ponta. Ao longo da rua principal você encontra opções de restaurante, mini-mercados, lojas de aluguel de equipamentos/roupas de esqui e algumas pousadas.

Chegando ao centro de esqui, fiz de tudo para acordar a Lorena, mas ela brincou tanto na Viña Chillán-  como contei no post anterior –, que apagou. Não acordou por nada!

Antonella também estava embalada no sono.

Tive que curtir o pôr- do- sol  com esse moço aí da foto. Fazer o quê? 🙂

 

termas-de-chillan-chile-2018

Dali, decidimos conhecer o Valle Hermoso, que também fica bem próximo, a uns 5 minutos de carro. O lugar é um parque de lazer a céu aberto com piscinas naturais de diferentes temperaturas e serviços de SPA; as verdadeiras Termas de Chillán.

Sério: pense em um lugar diferente de tudo! Fiquei encantada com aquele cenário: as piscinas naturais quentinhas em meio à neve.

termas-de-chillan-chile-2018-2

Acho que se não fosse o forte cheiro de enxofre e o barulho dos gases que brotam do chão, eu não acreditaria que tudo aquilo é natural. Realmente impressionante!

Fiquei com muita vontade de entrar (além de relaxar, dizem que faz muito bem para pele e cabelos!), mas eu tinha um ótimo motivo para ficar do lado de fora desta vez:chile-2018-termas-de-chillan

Saímos de lá já quase anoitecendo e decidimos encontrar um lugar para jantar primeiro. Só depois iríamos para o hotel descansar. Aliás, nessa época do ano, lá escurece mais tarde, por volta das nove da noite. Mas amanhece mais tarde também.

chile-2018-termas-de-chillan-9

Foi difícil encontrar um lugar para jantar. Como a temporada já tinha acabado, a cidade estava bem vazia. Os dois restaurantes que eu tinha programado com as referências do Tripadvisor estavam fechados. Um dos pouco abertos era o Oliva.

terma-de-chillan-restaurante-oliva

Oliva: Sinceramente? Nada demais. Nem a comida, nem o atendimento. Realmente não surpreendeu. Mas valeu pelo quentinho da lareira e pela música gostosa que tocava e envolvia o ambiente.

chile-com-criancas-termas-de-chillanSim, estava frio. Mas, nem de longe, o frio que eu imaginava sentir em um lugar de neve. Juro: misteriosamente sentimos mais frio em Pucón, nosso próximo destino, do que no meio da neve, em Nevados de Chillán.

De todo modo, a temperatura caiu bem à noite. Temia pelas meninas, mas foi tudo ótimo! O hotel tinha um ótimo aquecimento e foi uma noite bem tranquila.

coracao-rosa-1.png.semfundo-4-1

Chillán: Segundo dia

Acordamos sem pressa e foi uma delícia tomar café em frente à lareira, com aquele clima de montanha nevada. Juro: parecia que estávamos em um filme.

Depois do café, seguimos para a estação de esqui. Eu estava louca  para finalmente ver a Lola brincar na neve. Queria muito ver a reação dela!

Nossa proposta nunca foi esquiar (e nem poderíamos com um bebê de quatro meses). Contudo, se realmente quiséssemos, seria possível pois a estação de esqui ainda estava aberta (apesar da temporada ter terminado na semana anterior).

Mas como a nossa intenção era mesmo curtir o clima de neve e brincar com a Lô, nossa missão estava completa! Foi ótimo! E como ela curtiu!

chile-2018-termas-de-chillan-3

Aliás, como curtimos!:)chile-2018-termas-de-chillan-4

E assim, depois dessa farra, fechamos nossa passagem por Chillán certos de um “até breve!” Despedimo-nos desse lugar encantador e seguimos para Pucón. Já estávamos ansiosos por ver o famoso vulcão Villarica.

No próximo post, continuamos a nossa viagem e conto sobre a nossa estadia em Pucón.

E aí, curtiu o post? Se gostou, não esqueça de deixar seu “like” e seus comentários.

Grande beijo!

Pri Guerreiro

coracao-rosa.png.semfundo-4

2 Comentários

  1. Monique Benevente Marques • em 24 de fevereiro 2019

    Nossa tudo lindo lugar bem legal saudade das crianças 😘😘😘😘 que Deus abençoe sua família

Deixe seu comentário!

           

Método Montessori

Receba conteúdos sobre o método Montessoriano e como criar filhos plenos, criativos e autoconfiantes.