24 julho 2017

O que aconteceu com as festinhas infantis?

Festas | Na Toca com a Lola

Alguém pode me explicar o que aconteceu com as festas infantis? Para alguém que ama o processo criativo e a ludicidade do universo dos pequenos, vocês devem imaginar como eu AMO a criação de festas infantis, não é mesmo? 😊 Mas acho que estamos “perdendo a mão”… É realmente necessário o exagero que temos visto na hora de comemorar mais um ano de vida dos nossos pequenos?

Afinal, é possível criar uma festa infantil com criatividade, charme e ludicidade sem precisar pagar um rim por isso?  Eu aposto que sim! Vamos conversar sobre isso?

festas-infantis-exagero-toca-lola

Quem me acompanha no Instgram (fica a dica! :)) já sabe que no último sábado comemoramos os três aninhos da minha filha Lorena, a Lola. Assim, não tinha oportunidade melhor para iniciarmos o tema “criação de festas” no blog do que essa, concordam?:)

Por isso,  vamos dar um tempinho no nosso projeto de criação do quarto infantil para conversarmos sobre a criação das festas dos pequenos. Afinal, tem coisa mais gostosa?

Criar uma festa, por menor que ela seja, dá um trabalhão, mas eu simplesmente amo!coracao-2-300x300

Sou daquelas que embarcam na história de verdade e que curtem criar toda aquela fantasia da história para a criançada.

Sim, eu AMO festas infantis, mas tenho ficado cada vez mais incomodada com o novo padrão das comemorações que temos visto por aí… Festas de um ano com cara de casamento…

Por isso, para começarmos a falarmos no assunto, acho importante trazer essa reflexão: É realmente necessário o exagero que temos visto na hora de comemorar mais um ano de vida dos nossos pequenos? Penso que não…

festas-infantis-exageradas-2-toca-lola

Alguém pode me explicar o que aconteceu com as festas infantis?

Embaladas nos pacotes padronizados da indústria dos buffets que se espalham pelo país desde os anos 90, as festas infantis se transformaram em uma overdose de estímulos sonoros, visuais e gustativos – tudo ao mesmo tempo, agora!-, onde as lembrancinhas são mais caras do que o próprio presente e cujos preços exorbitantes podem gerar dívidas para a família até o próximo aniversário.

exagero-festas-infantil-toca-lola

Ah! Sem falar nos cenários pasteurizados da Disney, que muitas vezes nos fazem esquecer que o aniversariante é o verdadeiro personagem central da festa.

E os animadores? O que é aquilo, minha gente?! Alguém pode dizer a eles que aquela alegria exagerada e toda aquela gritaria forçada é constrangedora e absolutamente desnecessária? Nessas ocasiões, eu sempre me pergunto: Por que tudo isso?

Não é incomum o relato de brasileiros que vão viver no exterior (principalmente na Europa)  e que começam a refletir diante da simplicidade das festas infantis por lá… Rapidamente eles percebem que criatividade, ludicidade e alegria não se relacionam com a ostentação e o exagero que temos visto por aqui…

Para onde foram as memórias afetivas? 

Podem me chamar de saudosista, mas por que deixamos de lado aquela alegria festiva da família enrolando os docinhos enquanto as crianças corriam pela casa e se divertiam roubando o brigadeiro?

Para onde foi aquela bagunça gostosa na casa com os preparativos para a festa?

festas-infantis-de-antigamente-anos-80-toca-lola

Eu nunca abri mão de recriar essas memórias afetivas. Elas enchem a minha alma de alegria e espero que façam parte das lembranças de infância da minha filha também.

Eu sou realmente apaixonada por todo o processo criativo de criar uma história e pensar em cada detalhe, mas devo confessar: não sou muito prendada para a cozinha, nem para as artes manuais.😊

Mesmo assim, nunca abri mão do cheiro de doce na casa na véspera da festa e nem de produzir peças afetivas especiais para as comemorações. Recriar e compartilhar essas memórias recheadas de afeto com a minha filha me traz um prazer enorme!

festa-castelo-dragao-princesa-papelao-toca-lola-4-1

Por favor, não me entendam mal, não estou criticando quem faz festas em buffets ou quem opta pela terceirização (Eu também terceirizo muita coisa! E como agradeço as minhas incríveis parcerias criativas! 😘) Na correria do dia-a-dia, com trabalho, família ( e blog! :)), nem sempre temos tempo ou aptidão para criar uma festa totalmente “handmade”, preparar os docinhos e dar conta das mil coisas que envolvem uma festinha, não é mesmo?

Por tudo isso, festas em buffets podem ser uma ótima opção, desde que sejam isso: uma OPÇÃO, não uma obrigação, nem a única opção.

Além do mais, é importante lembrar que festas personalizadas em casa também podem ser muito caras e dar muito trabalho.

Ambos estilos de festas tem seus prós e contras.

Mas não sou radical, é bom esclarecer. Estou falando apenas sobre combatermos os exageros e valorizarmos o envolvimento familiar no processo criativo desse dia, de modo a torná-lo realmente especial, não mais um evento social.

Falo em não transformarmos o aniversário da criança em um show pirotécnico, com protocolos e imposições sociais pasteurizadas que, muitas vezes, nos faz esquecer o essencial: a alegria da comemoração por mais um ano de vida do aniversariante.

Eu amo festas personalizadas! Mas elas não são absolutamente necessárias. Necessário é o afeto. 

Sem querer romancear muito a coisa – mas já o fazendo 🙂 –  o importante – penso eu- é que, na hora do parabéns ao redor do bolo, seu pequeno sinta que você se empenhou para criar um momento  único com ele e que seja um dia divertido e especial. Simples assim!

bolo-de-aniversário-toca-lola

Mas calma, não precisamos voltar no tempo! Todos temos os nossos traumas e sabemos dos erros dos anos oitenta! hahahahaha

Com criatividade, dá para fazermos uma festa infantil bonitinha, lúdica e criativa sem gastar uma fortuna! Pelo menos é o que eu sempre tento… 🙂

No próximo post falarei um pouco sobre a festa de três anos Lola, que teve como matéria prima base o papelão, e trarei dicas super especiais para que você possa dar um toque de personalização com muito charme e ludicidade na sua festa sem gastar muito. Não é fácil, mas acredite, é possível!

festa-castelo-dragao-princesa-papelao-toca-lola-10

E você? O que acha das festinhas infantis da atualidade? Compartilhe conosco suas experiências e inspirações ( pode nos enviar fotos, se quiser!) e vamos pensar juntos no tema?

coracao-2-300x300

Ah! E se gostou do post não se esqueça de curtir e indicar o post àquelas pessoas queridas que vocÊ adoraria trazer para a nossa conversa aqui na Toca. 🙂

Um grande beijo!

Pri Guerreiro

coracao-2-300x300

4 Comentários

  1. Patricia Alves dos Santos • em 24 de julho 2017

    Todo ano eu preparo a festinha do meu pequeno com muito carinho, uma vez fizemos em buffet e confesso q afesta foi ótima porém foi sem nossa participação. Desde os 6 anos meu filhote faz comigo os convites, as lembrancinhas e a decoração. Quanto a comida eu costumo comprar um kit festa simples e complemento com frutas e guloseimas caseiras preparadas por mim. Curtimos muito a festinha desde o preparativo até a arrumação final da bagunça, a festa fica com a nossa carinha.

    • Priscila Guerreiro • em 25 de julho 2017

      Oi Patrícia! É isso aí! Você entendeu exatamente a reflexão que propus com o post. Existem buffets ótimos, que fazem um trabalho primoroso e cheio de afeto. A intenção não é criticar o uso de Buffet ou a terceirização de serviços e sim, propor que haja um maior envolvimento da família com a preparação desse dia tão especial, de modo a preservar essas memórias afetivas das crianças. Questionamos ainda os gastos exorbitantes e os exageros que temos visto… Mas amamos a decoração de festas infantis e sempre as incentivamos! Afinal, não a nada melhor do que celebrar a vida com muita alegria, não é mesmo?! Que bom que sua família consegue chegar nesse “meio termo” de trazer o envolvimento familiar, ainda que com muita praticidade. Seu pequeno certamente se lembrará de tudo isso com muito carinho! Grande beijo! 🙂

  2. Thais • em 25 de julho 2017

    Quando será o próximo posto, hahah queria fazer algumas coisas em.papelao, o niver da vale é em setembro… Aguardando

    • Priscila Guerreiro • em 25 de julho 2017

      Oi Thais! Que delícia ver essa expectativa!! 🙂
      Então prepare-se porque hoje começarei a compartilhar dicas super especiais para a criação das festas dos pequenos! E logo, logo, vai ter papelão sim!! Dicas quentíssimas direto das minhas pesquisas para a última festa da Lola. Aguarde! Continue acompanhando as novidades do blog! Grande beijo, Pri 🙂

Deixe seu comentário!

Toca Lola Club

Seja parte do Toca Lola Club: receba nossa newsletter e participe de promoções, dicas e eventos exclusivos!